NATAÇÃO: FORÇA E TÉCNICA

NATAÇÃO: FORÇA E TÉCNICA 

Por: José Marcos – Educador Físico – da Acqua Boya Academia
O treino de natação consiste em atividades indicadas para quem deseja se aperfeiçoar no esporte e aprimorar suas técnicas ou, ainda, melhorar outros fatores, como ocondicionamento e a resistência física. A excelência e o alto rendimento são buscados a partir de um conjunto de prescrição e montagem de treinamentos, que seguem um planejamento de evolução. Na natação desportiva existem quatro estilos principais e uma junção de todos nas piscinas; há também a natação em mar aberto. Para melhorar o desempenho nas piscinas algumas dicas são importantes: como em qualquer outra atividade, a repetição na natação é fundamental para melhorar a técnica. Assim, é indicado fazer o treino de natação, no mínimo, duas vezes por semana, pois é necessário que o corpo tenha um estímulo grande para se adaptar e apresentar resultados satisfatórios. Muitos atletas se esquecem de respirar e têm problemas para gerir o fôlego durante o exercício. Logo, é importante manter um ritmo constante de respiração com o nariz e a boca, de modo a não ficar sem ar. Também é fundamental fortalecer a musculatura do pescoço, com o treinamento da respiração nos dois lados (respiração 3 x 1, por exemplo). O treinamento de pernas não é dos mais interessantes, por conta da exigência física. Porém, é essencial para melhorar a qualidade dos movimentos dos membros inferiores durante o nado. Os joelhos devem ficar relaxados e os pés devem “bater” na água. O nado deve ser realizado com uma postura ereta, o que proporciona mais fluidez ao nadador. Ainda, é preciso cuidado para a braçada não cruzar e ultrapassar a linha central do seu corpo. Importante ressaltar que para treinos intensos é praticamente mandatório que o aluno (ou atleta) esteja em plenas condições de execução dos nados. Saber a virada olímpica, a braçada e pernada correta (do respectivo estilo) são alguns dos requisitos mais básicos. Quem nada errado pode desenvolver lesões sérias em várias articulações, especialmente nos ombros. Somente com a evolução dos fundamentos é possível conseguir resultados cada vez melhores. Lembrando que o nado mais rápido normalmente é o mais técnico e o mais adaptado para aquele indivíduo, portanto, deve haver um estreitamento dos laços entre o treinador e o atleta para que se chegue em um resultado esperado e realista. Com essas dicas é possível melhorar a  técnica no treino de natação ou começar a praticar o esporte da forma correta. A natação é indicada para desenvolver habilidades físicas, como a força e a resistência, além de ser um esporte emocionante e divertido. A natação é amplamente difundida como um dos esportes mais benéficos para saúde. Para aqueles que treinam com mais afinco, não podemos deixar de mencionar que as vantagens são enormes. Em um primeiro momento, é notório o fortalecimento muscular de praticamente todos os grandes grupos musculares, especialmente da região dorsal, pernas e abdômen. Os membros superiores também são bem trabalhados, ficam com mais tônus e com maior resistência, assim como o restante da musculatura. A flexibilidade é outro ponto importante. O treino de natação ajuda a alongar os músculos e a fomentar a busca por amplitudes de movimento maiores, o que costuma gerar maior mobilidade articular e, consequentemente, maior saúde para as articulações. Por fim, é importante dizer que o condicionamento físico é muito bem desenvolvido, fazendo com que o indivíduo passe a ter mais capacidade para realizar as atividades diárias ou, até mesmo, provas cada vez mais difíceis e intensas. Inclusive, pessoas com problemas respiratórios podem se beneficiar imensamente desse esporte, que além de ser divertido, ajuda a desenvolver a habilidade de locomoção em meio aquático, que é importante para sobrevivência e/ou necessidade em algumas situações específicas.
plugins premium WordPress