Policia prende marginais com apoio do CSI

Dois marginais foram presos após tentar roubar a agência da Caixa Econômica Federal, (CEF), em Guararema.
Os meliantes tiveram o veículo identificado pelo Centro de Segurança Integrada de Guararema (CSI), quando tentavam roubar a agência da CEF, depois de outro roubo em Salesópolis
Fonte: O Diário de Mogi


Com apoio do Centro de Segurança Integrada (CSI) de Guararema, a Polícia conseguiu prender dois marginais que agiram contra dois bancos, entre o final da noite de sábado (22) e início da madrugada deste domingo (23), nas cidades de Salesópolis e Guararema.
Segundo informações, a dupla foi interceptada pela Polícia Rodoviária, na altura do Km 25 da rodovia Ayrton Senna, nas proximidades da Capital, depois que o Gol cinza em que fugiam foi identificado pelo sistema de câmeras de vídeo da Prefeitura de Guararema, no momento em que eles tentaram invadir a agência da CEF. Os dois marginais foram autuados em flagrante e presos.
Segundo as informações, a dupla havia invadido e roubado uma agência bancária de Salesópolis, no final da noite de sábado, quando decidiu seguir para um novo ataque, desta vez à agência da CEF, em Guararema. O movimento dos marginais junto ao banco, aos 22 minutos da madrugada do domingo, chamou a atenção do controlador de plantão no CSI. As suspeitas de que se tratavam de bandidos foi confirmada quando o sistema de alarme do banco foi ativado e, ao mesmo tempo, detonadas bombas de fumaça no interior da agência, que faziam parte do sistema anti-roubo da CEF.
Os dois assaltantes deixaram o local rapidamente, mas a placa e outros sinais do veículo em que se encontravam foram detectados pelas câmaras e passados, imediatamente, para a rede de comunicação da Polícia Militar, que inclui também a Polícia Rodoviária, que acabou por interceptar o Gol, já na região de São Paulo.
Eles foram entregues à Polícia Militar, que também fazia parte da perseguição, e, posteriormente conduzidos à Polícia Civil, encarregada de lavrar o boletim de ocorrência e o auto de flagrante contra os dois. O delegado Alexandre Batalha foi quem acompanhou todo o trabalho realizado durante a madrugada.

plugins premium WordPress